Organizador da Copa do Catar defende torneio no verão

Fifa cogita adiar o Mundial por conta do forte calor no Catar

Paris – O secretário geral do comitê organizador da Copa do Mundo de 2022 no Catar, Hassan al-Thawadi, disse estar convencido de que não é impossível realizar o torneio durante o verão no país, que ocorre no meio do ano.

Após a polêmica que surgiu por uma suposta decisão da Fifa de adiar o Mundial para o inverno do hemisfério norte, al-Thawadi, entrevistado pelo jornal francês L’Equipe, admitiu que em junho e julho faz muito calor no Catar e que essa não é a melhor época para visitar a nação.

No entanto, ele lembrou das copas sediadas por México (1970 e 1986), Espanha (1982), Estados Unidos (1994) e até mesmo a que acontece neste ano no Brasil.

“Não dá pra negar que a questão do calor fortíssimo, às vezes comparável ao do Catar, nunca foi discutida em uma Copa do Mundo. Tudo não correu sempre normalmente? E colocar sobre a mesa essa história da temperatura significa ignorar as tecnologias de resfriamento que instalaremos nos estádio e nas outras áreas dedicadas aos torcedores”, completou o secretário geral.