Orçamento é aprovado em comissão; não há acordo para plenário

Sem aprovação nesta quinta-feira, o Executivo e os demais poderes teriam que usar apenas 1/12 por mês do que previam gastar no ano que vem

Brasília – O Orçamento Geral da União para o ano que vem foi aprovado na Comissão Mista de Orçamento do Congresso nesta quinta-feira e a peça orçamentária terá de receber o aval do plenário do Congresso.

Não há, entretanto, acordo entre o Palácio do Planalto e os parlamentares para que a matéria seja aprovada na sessão conjunta do Congresso Nacional.

Caso o Orçamento não seja aprovado nesta quinta-feira, último dia antes do recesso parlamentar, o Executivo e os demais poderes teriam que usar apenas 1/12 por mês do que previam gastar no ano que vem.

O Orçamento voltaria a ser analisado após a volta do recesso, em fevereiro.