Opositor russo é libertado depois de 30 dias de detenção

A libertação do principal opositor de Putin coincide com a abertura da Copa do Mundo, que a oposição pediu, sem sucesso, para ser boicotada

Moscou – O líder opositor russo Alexei Navalni foi libertado nesta quinta-feira depois de passar 30 dias preso por ter organizado no dia 5 de maio um protesto contra a posse do presidente do país, Vladimir Putin.

“Estou de novo com vocês depois de uma estadia de 30 dias em detenção. Estou extremamente contente de estar em liberdade”, escreveu o opositor no seu Twitter.

A libertação do principal opositor de Putin coincide com a abertura da Copa do Mundo, que a oposição pediu, sem sucesso, para ser boicotada.

O tribunal que condenou Navalni o considerou culpado de infringir a lei ao convocar um protesto em Moscou, apesar de não contar com autorização da Câmara Municipal.

O protesto, sob o lema “Não é nosso czar!”, em clara referência a Putin, aconteceu dois dias antes da posse do presidente, que em março foi reeleito para um novo mandato de seis anos.

Mais de mil pessoas foram detidas nos protestos de 5 de maio em Moscou, São Petersburgo e outras cidades do país.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s