Opositor líbio diz que Trípoli cairá em questão de horas

Governante Muammar Kadafi pediu neste domingo a todos os líbios que "se unam à batalha para impedir que o inimigo assuma o controle"

Abu Dhabi – Um importante opositor líbio previu que a queda de Trípoli acontecerá esta noite pelas mãos dos rebeldes, que enfrentam duros combates com as forças leais ao líder líbio, Muammar Kadafi, na capital do país.

O representante do Conselho Nacional de Transição (CNT), o corpo político dos rebeldes, Aref Ali Neyad disse em entrevista coletiva em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, que a oposição espera “uma vitória esta noite”.

Neyad afirmou que os rebeldes apresentaram uma solicitação oficial à Otan para usar os helicópteros tipo Apache nos confrontos com as forças de Kadafi, que controlam uma grande parte da capital líbia.

As últimas informações da oposição falam de um rápido avanço, apoiado pelos bombardeios da Otan, dos rebeldes sobre a cidade, onde invadiram prisões para libertar presos políticos, que então aderiram à batalha.

O governante Muammar Kadafi pediu neste domingo a todos os líbios, em discurso à nação, que “se unam à batalha para impedir que o inimigo assuma o controle de Trípoli”.

Em sua segunda alocução em menos de 24 horas, Kadafi ordenou que disponibilizassem os depósitos de armas e arsenais de Trípoli para os cidadãos para que estes “defendam a capital”.

O pronunciamento do líder líbio aconteceu depois que a Otan bombardeou neste domingo seu quartel-general em Bab El Aziziya, em Trípoli, e o aeroporto de Maitika, também na capital.