Sírios nos Emirados e Chipre desertam, diz oposição

Abdelatif al-Dabbah é o o terceiro embaixador sírio a se unir à oposição ao presidente Bashar al-Assad desde o início da revolta

Amã – O embaixador da Síria nos Emirados Árabes Unidos, Abdelatif al-Dabbah, abandonou o posto e partiu para o Catar, tornando-se o terceiro diplomata do país a unir-se à oposição ao presidente Bashar al-Assad desde o início da revolta, há 16 meses, disse nesta quarta-feira um porta-voz do grupo oposicionista Conselho Nacional Sírio.

“O embaixador (Abdelatif al-Dabbagh) está agora no Catar”, afirmou o porta-voz Mohammad Sarmini à Reuters, por telefone.

Outro membro do Conselho, Wael Merza, disse antes à Reuters, por telefone, que a embaixadora do país no Chipre, Lamia al-Hariri, havia desertado e estava no Catar.

Autoridades de Chipre disseram não ter informações sobre se Hariri havia deixado o cargo. “Tudo o que sabemos é que ela não está em Chipre”, afirmou uma fonte do governo à Reuters.