Oposição síria rejeita qualquer papel do presidente Assad

Monzer Makhos, um dos porta-vozes do Alto Comitê de Negociações, declarou que a oposição não mudará de opinião

A oposição síria ao regime de Damasco informou nesta quinta-feira que rejeita qualquer papel atual ou futuro de Bashar al-Assad depois que a nova administração americana anunciou que a saída do poder do presidente sírio “não é mais uma prioridade” para pôr fim ao conflito.

“A oposição não aceitará nunca que Bashar al-Assad tenha um papel em algum momento (…), nossa posição não vai mudar”, declarou a meios de comunicação Monzer Makhos, um dos porta-vozes do Alto Comitê de Negociações (HCN), que reúne os grupos-chave da oposição síria.