Operação policial mata 22 uigures e um oficial na China

Vinte e dois uigures e um policial morreram na região noroeste da China durante uma operação policial, segundo emissora

Pequim – Vinte e dois uigures e um policial morreram na região noroeste da China durante uma operação policial, anunciou a emissora Radio Free Asia (RFA).

A operação policial aconteceu na região de Yilkiqi, perto do deserto, segundo a RFA, uma rádio subsidiada pelo governo dos Estados Unidos.

“O policial faleceu ao atuar contra um grupo terrorista violento na região de Xinjiang”, informa o jornal Global Times, sem citar outras vítimas.

O Diário de Kashgar, jornal oficial da região de Xinjiang, informou que o policial Yan Xiaofei “morreu de forma heroica” em 20 de agosto.

A região de Xinjiang é cenário frequente de distúrbios violentos, uma consequência da forte tensão entre os han (etnia majoritária na China) e os uigures (muçulmanos de língua turca).

As autoridades acusam os militantes uigures de “terrorismo”.

No dia 12 de agosto dois uigures de Xinjiang foram condenados à morte.

O Congresso Mundial Uigur, uma organização no exílio, denunciou o caráter político das condenações.