Opep sem acordo; Disney e Twitter?…

Empate antes do debate

Na noite desta segunda-feira, a democrata Hillary Clinton e o republicano Donald Trump, candidatos à Presidência dos Estados Unidos, participam do primeiro dos três debates destas eleições. O confronto de 90 minutos será na Universidade Hofstra, em Nova York, às 22 horas (horário de Brasília). Horas antes do embate, pesquisas divulgadas nesta segunda-feira e ao longo do fim de semana mostram Clinton e Trump praticamente empatados. O Real Clear Politics, que faz uma média entre diferentes pesquisas, mostra Hillary com 46,6% das intenções de voto, ante 44,3% de Trump. Ainda assim, um levantamento da Reuters/Ipsos aponta que a democrata tem 88% de chance de vitória na eleição.

Colômbia assina acordo 

O governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) assinam nesta noite um tratado de paz para encerrar conflitos de meia década na região. A cerimônia será na cidade colombiana de Cartagena e contará com a presença de nomes como o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon. O presidente brasileiro, Michel Temer, desistiu de comparecer à cerimônia, e o Brasil será representado pelo ministro das Relações Exteriores, José Serra. Acordado entre as partes em junho, o texto ainda precisa ser aprovado por, pelo menos, 13% dos eleitores colombianos, num referendo no domingo 2. Já como reflexo do tratado a União Europeia anunciou nesta segunda-feira que retirou as Farc de sua lista de organizações terroristas.

Macri e os EUA

Antes de embarcar para a Colômbia para assistir à cerimônia de assinatura do tratado de paz com as Farc, o presidente argentino, Mauricio Macri, reuniu-se com o secretário do Tesouro americano, Jack Lew, que visitou a Argentina nesta segunda-feira. Foi a primeira visita de um secretário do Tesouro americano ao país desde 2002. No encontro, Macri e Lew discutiram o compartilhamento de informações alfandegárias entre os dois países — ao avançar nas conversas com os Estados Unidos, o governo Macri espera mostrar credibilidade para garantir investimentos estrangeiros em território argentino. Nos próximos dias, Lew também passará por Brasil, Colômbia e México.

Opep sem acordo

O Irã minimizou a chance de a Organização dos Países Produtores de Petróleo (Opep) impor um limite à produção mundial de petróleo, ainda que outros países do grupo tenham se mostrado esperançosos quanto a um acordo. Nesta segunda-feira, os 13 membros da Opep reuniram-se informalmente durante o Fórum Internacional de Energia em Argel, capital da Argélia. O primeiro dia do encontro — que vai até quarta-feira 28 — elevou o preço do barril de petróleo quase 1,5 dólar. Apesar do caráter informal da reunião, a expectativa é que os países iniciem as conversas para impor um limite à produção e diminuir a oferta do barril, que, devido à grande oferta no mercado, permanece em preços baixos há muitos meses. A reunião oficial do grupo será em Viena no dia 30 de novembro.

Rússia e Síria

O secretário de Estado americano, John Kerry, pediu diálogo sobre a guerra na Síria e defendeu seus esforços para negociar com a Rússia, apesar do fracasso de um cessar-fogo acordado neste mês. A Rússia é acusada de colaborar para o fim do cessar-fogo e para a intensificação dos bombardeios no país ao cooperar com as forças do presidente Bashar al-Assad. No Conselho de Segurança da ONU no domingo 25, os Estados Unidos, a França e o Reino Unido acusaram os russos de piorar a situação da guerra. A diplomacia americana afirma que, “em vez de buscar a paz, Rússia e Assad fazem guerra”.

Disney e Twitter? 

A empresa de entretenimento Disney, dona de canais como a ABC e a ESPN, pode estar avaliando a possibilidade de comprar a rede social Twitter. Outra possível interessada é a empresa de tecnologia Microsoft, além da Alphabet, companhia-mãe do Google, e da empresa de vendas e marketing Salesforce. Até o momento, nenhuma empresa confirmou o interesse ou afirmou ter feito uma oferta. Os rumores de uma possível venda do Twitter circulam há meses — a empresa tem dificuldades em aumentar sua base de usuários, estagnada em 300 milhões de pessoas —, mas ficaram mais concretos na sexta-feira 23.