Opep acompanha situação na Líbia e está pronta para agir

Organização considera que não falta petróleo no momento, mas poderá aumentar a produção se problemas no mundo árabe continuarem

Riad – A Organização de Países Exportadores de Petróleo (Opep) aumentará sua produção de petróleo em caso de escasez no mercado pelas revoltas no Oriente Médio e o norte da África, afirmou nesta terça-feira o ministro saudita do Petróleo, Ali al Nuaimi.

“Não há escassez no mercado neste momento. Mas, se houver uma diminuição da oferta por causa das perturbações nos países produtores, os países da Opep, como a Arábia Saudita, aumentarão sua produção”, assegurou Al Nuaimi em coletiva de imprensa em Riad.

O ministro do Petróleo dos Emirados Árabes Unidos, Mohamed ben Zaen al Hameli, já havia indicado que a Opep acompanhava com muita atenção os protestos em caso de necessidade.