ONU pede fim imediato dos disparos de foguetes contra Israel

O secretário-geral da organização classificou como "inaceitável" o lançamento de foguetes por militantes palestinos

Ramallah – O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu nesta quarta-feira o fim “imediato” dos disparos de foguetes palestinos contra as aglomerações urbanas israelenses, durante uma entrevista coletiva com o presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas.

“Reitero meu pedido pelo cessar imediato dos disparos de foguetes dos militantes palestinos contra as aglomerações israelenses. Isto é inaceitável”, disse Ban após um encontro com Abbas.

“Chegou o momento da diplomacia e do fim da violência”, completou Ban, enquanto a violência entre Israel e o Hamas em Gaza continuam de forma ininterrupta há uma semana.

“A segurança e o bem-estar de todas as populações civis são primordiais para mim. Peço a todos os que possuem armas que respeitem o direito humanitário”.

Desde o início da operação “Pilar de Defesa” contra os grupos armados do território palestino, quarta-feira da semana passada, 135 palestinos morreram e quase mil foram feridos nos ataques aéreos de Israel contra o enclave palestino.

Cinco israelenses, incluindo um soldado, morreram em consequência dos disparos de foguetes.