ONU pede diálogo entre Argentina e Reino Unido

A entidade renova seu apelo ao secretário-geral da ONU, para que use ''bons ofícios'' com o objetivo de ajudar as partes a negociarem sobre o futuro do arquipélago

Nações Unidas – O Comitê de Descolonização da ONU aprovou nesta quinta-feira por consenso uma resolução que volta a pedir negociações à Argentina e ao Reino Unido em busca de ”uma solução pacífica, justa e duradoura” ao conflito das ilhas Malvinas.

O texto, pelo qual o comitê decide manter a questão em análise, ressalta que ”a maneira de pôr fim à especial e particular situação colonial na questão das Malvinas é a solução pacífica e negociada da controvérsia sobre soberania que existe entre os governos da Argentina e do Reino Unido”.

A entidade também renova seu apelo ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, para que use ”bons ofícios” com o objetivo de ajudar as partes a negociarem sobre o futuro do arquipélago.

Ban Ki-moon já havia reiterado à presidente argentina, Cristina Fernández de Kirchner, sua disposição a exercer bons ofícios para resolver a disputa.

”Queremos o reatamento das negociações”, declarou Cristina. ”A questão das Malvinas terá de ser resolvida o mais rápido possível. É preciso recuperar os instrumentos para viver em um ordem civilizada”.