ONU diz que tortura continua em prisão americana de Guantánamo

Segundo o relator especial Nils Melzer, o preso do centro penitenciário segue submetido à tortura

Genebra – Um preso do centro penitenciário norte-americano de Guantánamo ainda está sendo torturado, disse o relator especial da ONU para tortura, Nils Melzer, em comunicado nesta quarta-feira.

O ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama encerrou o uso das “técnicas aprimoradas de interrogatório” por meio de decreto presidencial em janeiro de 2009, mas Melzer disse que o uso histórico de tortura pela CIA ainda não levou a julgamentos ou ao pagamento de compensações para as vítimas.