ONU adota resolução sobre jihadistas estrangeiros

Reunião do Conselho, realizada durante a Assembleia Geral da ONU, teve Barack Obama à frente

Nova York – O Conselho de Segurança da ONU, reunido em uma sessão extraordinária presidida pelo presidente americano Barack Obama, adotou nesta quarta-feira uma resolução unânime para conter o fluxo de jihadistas estrangeiros para Síria e Iraque e responder à ameaça que representam para seus países de origem.

A reunião do Conselho, realizada durante a Assembleia Geral da ONU, teve Obama à frente porque os EUA exercem a presidência rotativa da principal órgão das Nações Unidas e também contou com a participação de outros chefes de Estado, como o francês Francois Hollande.