ONS: carga de energia elétrica cresce 2,5% em julho

Aumento acumulado nos últimos 12 meses é de 4,2%

São Paulo – A carga de energia elétrica apresentou expansão de 2,5% em julho de 2011 frente ao mesmo período do ano passado, para 56,58 mil MW médios, segundo dados do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). Na comparação com junho, esse volume representa crescimento de 0,7%. No acumulado dos últimos 12 meses, o aumento apurado é de 4,2%. Os dados sobre a carga, que é a soma das perdas de transmissão e do consumo de energia, são preliminares.

De acordo com o ONS, o comportamento da carga em julho reflete dois fatores: a acomodação do ritmo da atividade industrial por causa das medidas tomadas pelo governo federal nos últimos meses, como a contenção de crédito e a alta da taxa de juros, e a ocorrência de temperaturas mais baixas na comparação com igual mês de 2010 em estados do subsistema Sudeste/Centro-Oeste.

Entre as regiões do País, a carga de energia no subsistema Sudeste/Centro-Oeste cresceu 2,2% na comparação entre julho de 2011 e igual mês de 2010, para 34,99 mil MW médios. No mesmo período, a expansão da carga no Sul do País foi de 4,3%, para 9,54 mil MW médios. No Nordeste, o Operador apurou uma ligeira variação positiva de 1,0%, para 8,05 mil MW médios. No Norte, o aumento verificado no período foi de 4,7%, para 3,99 mil MW médios.