ONG vai apoiar brasileiros que vivem no Japão

De acordo com a Embaixada do Brasil no Japão, 254 mil brasileiros vivem naquele país

Brasília – Representantes da organização não governamental (ONG) Mobilização Mundial embarcaram hoje (28) para o Japão para dar apoio a brasileiros que vivem em Tóquio e Nagoya. Segundo a ONG, que atua em várias partes do mundo socorrendo vítimas de catástrofes, há informação de que brasileiros estão passando dificuldades no Japão, atingido por um terremoto , seguido de tsunami, há 17 dias.

De acordo com o secretário executivo da ONG, Djalma Belmont, a Associação de Pastores de Tóquio e Nagoya relatou que alguns brasileiros enfrentam problemas para se comunicar em japonês. Em consequência disso, acrescentou Belmont, tem dificuldades para encontrar comida e atendimento médico.

“Vamos chegar em Tóquio na quarta-feira [30] e faremos um diagnóstico da situação. A informação que temos é que há brasileiros com problemas. Estão indo três voluntários, se houver necessidade, outros quatros irão posteriormente”, disse Belmont à Agência Brasil.

Além de Belmont, que é major da reserva do Exército, a equipe que está seguindo para o Japão é composta por uma enfermeira e a presidente da ONG, Margarita Adihardana.

De acordo com a Embaixada do Brasil no Japão, 254 mil brasileiros vivem naquele país. Apenas 777 viviam nas quatro regiões mais afetadas pela catástrofe do último dia 11 e também pelos acidentes nucleares – Miyagi, Fukushima, Iwate e Aomori.

Os brasileiros que estavam nas áreas atingidas e quiseram deixar o país tiveram o apoio da Embaixada do Brasil no Japão e do Consulado-Geral em Tóquio, segundo o Itamaraty. Até o momento, não foram identificados