Onde vivem as pessoas mais felizes do mundo

Países da América Latina e Central dominam lista de povos que mais experimentam sentimentos positivos diariamente do Instituto Gallup

São Paulo – A despeito das crises econômicas, políticas ou sociais, a América Latina e Central são os continentes que abrigam os povos mais felizes do mundo.

Este ano, todos os países que estão no topo do ranking dos povos  que mais experimentam sentimentos positivos são da região, segundo o Instituto Gallup, que elabora o ranking

Seguindo a tendência dos últimos anos, o Paraguai segue como o primeiro da lista.  Com 89 pontos na pesquisa, o país é morada das pessoas que mais deram respostas positivas para os pesquisadores do Gallup. 

Para fazer o mapeamento, o instituto conversou com moradores de 143 países e os questionou se eles teriam vivido cinco experiências positivas no dia anterior.

Mais de 70% dos entrevistados responderam que tinham sido tratados com respeito, dado boas risadas  e/ou  experimentado alegria e descanso no dia anterior. Metade dos entrevistados afirmou que também havia aprendido alguma coisa interessante no período. 

A nota média global no ranking de felicidade é 71. O Brasil manteve a mesma nota do ano passado, com 74 pontos. 

Países mais felizes Nota de experiências positivas
Paraguai 89
Colômbia 84
Equador 84
Guatemala 84
Honduras 82
Panamá 82
Venezuela 82
Costa Rica 81
El Salvador 81
Nicarágua 81

Por outro lado, os países em situação de conflito figuram com as piores notas do ranking. A Síria, que apresentou o pior desempenho no ano passado, ficou de fora da pesquisa mais recente. 

Países menos felizes Nota de experiências positivas
Sudão 47
Tunísia 52
Bangladesh 54
Sérvia 54
Turquia 54
Bósnia e Herzegovina 55
Geórgia 55
Lituânia 55
Nepal 55
Afeganistão 55