Occupy Wall Street planeja protestos para marcar aniversário

O grupo, popularizado pela frase "Nós somos os 99 por cento", vai tentar cercar a bolsa de valores de Nova York um ano após o início dos protestos

O movimento Occupy Wall Street marca seu primeiro aniversário nesta segunda-feira e, em uma tentativa de renovar a iniciativa que não conseguiu sustentar o impulso depois de acender o debate sobre desigualdade econômica no ano passado, ativistas planejam se dirigir ao centro financeiro de Nova York.

O grupo, popularizado pela frase “Nós somos os 99 por cento”, vai tentar cercar a bolsa de valores de Nova York e atrapalhar as horas mais movimentadas da manhã no centro financeiro, de acordo com um porta-voz do movimento.

Também foram planejados protestos em outras cidades dos Estados Unidos, disseram os organizadores do movimento.

O chefe do departamento de polícia de Nova York, Paul Brown, confirmou que não foram submetidas licenças para protestos para o Occupy Wall Street, mas que a polícia está preparada para as manifestações.

“Nós controlaremos protestos pacíficos e prenderemos quem praticar qualquer atividade ilegal”, disse.