Obama vai à TV pressionar republicanos a evitar cortes

Presidente quer evitar US$ 85 bilhões em cortes no orçamento previstos para entrar em vigor em nove dias

Washington – O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, apareceu nesta quarta-feira nas emissoras locais de TV para aumentar a pressão pública sobre os republicanos no Congresso a fim de evitar 85 bilhões de dólares em cortes no orçamento previstos para entrar em vigor em nove dias.

Obama agendou entrevistas com emissoras de televisão em oito mercados de mídia, a maioria dos quais tem uma forte presença militar, num dia em que o Pentágono descreveu seus planos de afastar cerca de 800.000 funcionários civis por 22 dias para economizar dinheiro.

“Esses cortes de gastos automáticos foram projetados para serem evitados. A ideia era que democratas e republicanos acordassem um programa sensato de redução do déficit”, disse Obama em entrevista à Boston WCVB, afiliada da rede ABC.

As entrevistas fazem parte de uma estratégia do governo para colocar a culpa pelas perdas de emprego nos republicanos, que controlam a Câmara dos Deputados.