Obama vai à embaixada holandesa e se solidariza por acidente

Boeing 777, abatido na quinta-feira no leste da Ucrânia, tinha 298 pessoas a bordo, das quais 193 eram de nacionalidade holandesa

Washington – O presidente Barack Obama lamentou nesta terça-feira a queda de um avião malaio abatido na Ucrânia na semana passada, em breve visita à embaixada da Holanda em Washington.

“Todos estamos de coração partido”, afirmou Obama, que também expressou sua “solidariedade” aos holandeses “em nome do povo americano”, depois de assinar um livro de condolências às vítimas na entrada da embaixada.

“Trabalharemos com eles para nos assegurar de que as vítimas sejam encontradas e que haja justiça”, garantiu o presidente.

O Boeing 777 da Malaysia Airlines, abatido na quinta-feira no leste da Ucrânia, tinha 298 pessoas a bordo, das quais 193 eram de nacionalidade holandesa.