Obama se declara a favor do casamento homossexual

A declaração do presidente norte-americano veio em entrevista para a rede de televisão ABC

Washington – O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, se declarou nesta quarta-feira a favor do casamento homossexual, em entrevista concedida à rede de televisão “ABC”.

Em um trecho da entrevista divulgado pela emissora, Obama, que até agora tinha se limitado a indicar que suas opiniões a respeito estavam “evoluindo”, declarou que “o casamento entre pessoas do mesmo sexo deveria ser legal”.

“Concluí que é importante dar um passo adiante e afirmar que acho que os casais do mesmo sexo deveriam poder casar-se”, declarou o presidente americano na entrevista realizada no Salão Oval da Casa Branca.

Com estas declarações, Obama sai à frente de um assunto que tinha se transformado em um dos grandes temas da campanha eleitoral americana nos últimos dias.

No domingo passado, seu vice-presidente, Joe Biden, declarou à emissora “NBC” que se sentia “completamente cômodo” com a ideia do casamento homossexual.

Na terça-feira, a Carolina do Norte, um dos estados mais disputados nas eleições presidenciais de novembro e onde o Partido Democrata planeja realizar sua convenção para nomear oficialmente Obama como seu candidato eleitoral, aprovou uma emenda que proíbe o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Segundo declarou na entrevista, Obama inicialmente pensava que a aprovação de uniões civis seria suficiente para a comunidade homossexual.

“Tinha também em mente tradições muito arraigadas e crenças religiosas muito poderosas”, acrescentou.

Mas, continuou, “no transcurso de vários anos” se deu conta dos constrangimentos que sentiam muitos homossexuais por não poder contrair matrimônio e mudou sua opinião.

Durante seu mandato, o presidente americano aboliu a norma que proibia homossexuais assumidos de fazer parte das Forças Armadas. 

Atualizado às 17:02