Obama sanciona lei que estende fundos do Governo até março

A Casa Branca disse em comunicado que Obama assinou a lei que outorga fundos para ''continuar os projetos e atividades do Governo federal até 27 de março de 2013''

Washington – O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, promulgou nesta sexta-feira uma lei que financia temporariamente as atividades do Governo federal até março de 2013, evitando assim um fechamento parcial das agências.

A Casa Branca disse em comunicado que Obama assinou a lei que outorga fundos para ”continuar os projetos e atividades do Governo federal até 27 de março de 2013”.

Obama também assinou uma lei que prorroga até setembro de 2015 o prazo para os requisitos de quatros programas migratórios do Departamento de Segurança Nacional, e outra relacionada com a lei de registro de pesticidas.

A medida orçamentária para os próximos seis meses, dotada de um total de US$ 524 bilhões, tinha sido aprovada por ambas as câmaras do Congresso dos EUA antes que os legisladores retornassem a seus distritos eleitorais.

O Senado a aprovou no dia 22 de setembro, enquanto a Câmara Baixa o fez nove dias antes.

A lei em questão inclui cerca de US$ 90 bilhões para a guerra no Afeganistão e outras operações militares, mas também reflete um corte de pouco mais de US$ 26,6 bilhões em despesas fiscais sobre os níveis do ano fiscal 2011.

O Congresso retomará suas sessões no dia 13 de novembro, sete dias após as eleições gerais nas quais os americanos elegerão entre a continuidade do presidente Barack Obama no cargo e seu rival republicano, Mitt Romney.

Nesse pleito, também se renovará a totalidade da Câmara dos Representantes, um terço do Senado, e dezenas de cargos locais e estaduais.