Obama pede que líderes europeus colaborem com Trump

Presidente dos Estados Unidos fez sua última reunião com líderes europeus como chefe de Estado

Berlim – O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu aos líderes europeus da França, Itália, Reino Unido, Espanha e Alemanha que colaborem com o presidente eleito dos EUA, Donald Trump, em assuntos como segurança e política externa.

Essa foi a última reunião de Obama com líderes europeus como chefe de Estado. De acordo com a Casa Branca, “Obama expressou confiança de que, em um momento de grandes mudanças, os valores democráticos fizeram mais para os avanços da liberdade e do progresso do que qualquer outro sistema na história”.

Entre os assuntos comentados por Obama e pelos líderes europeus, estavam a crise na Ucrânia, a crise migratória e a guerra civil da Síria, além da importância de instituições multilaterais, como a Aliança do Tratado do Atlântico Norte (Otan). Os líderes também disseram que devem trabalhar juntos contra o terrorismo, segundo uma declaração da Casa Branca.

De acordo com a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, um dos pedidos de todos os líderes foi para que a Síria, a Rússia e o Irã parassem com os ataques contra a cidade de Aleppo. De acordo com Merkel, novas sanções contra a Rússia poderiam ocorrer caso Moscou aumente os bombardeios em Aleppo.

Sobre a Ucrânia, Merkel disse que “queremos avançar no processo de paz, mas até agora esse processo é infelizmente bastante invisível”.