Obama fala em “ato de terror” mas não indica suspeitos

"Não sabemos se foi um grupo estrangeiro ou americano, ou se ação de um indivíduo", disse o presidente americano

Washington – O presidente americano, Barack Obama, qualificou nesta terça-feira como um “ato de terror” os atentados da véspera, ocorridos em Boston, que deixaram três pessoas mortas e mais de 170 feridas, afirmando ainda que não há identificação dos responsáveis e dos motivos do ato.

“O FBI investiga isto como um ato de terror. O que não sabemos é quem o realizou, não sabemos se foi um grupo estrangeiro ou americano, ou se ação de um indivíduo”, afirmou Obama, em declaração na Casa Branca transmitida ao vivo para todo o país.