Obama fala com Putin sobre situação de Snowden na Rússia

Obama falou por telefone com Putin e durante a conversa os líderes destacaram a importância das relações bilaterais entre EUA e Rússia, disse a Casa Branca

Washington – O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, analisou nesta sexta-feira com o líder russo, Vladimir Putin, um amplo leque de assuntos bilaterais e de segurança, inclusive a situação do ex-técnico da CIA, Edward Snowden, requerido pelo governo americano sob acusações de espionagem.

Obama falou por telefone com Putin e durante a conversa os líderes destacaram a importância das relações bilaterais entre EUA e Rússia, disse a Casa Branca em comunicado.

Entre os assuntos bilaterais e de segurança que discutiram estava a situação de Snowden, que permanece em um limbo legal no aeroporto moscovita de Sheremétievo enquanto decide seus seguintes passos.

Obama e Putin também discutiram a cooperação bilateral na luta antiterrorista perante a proximidade das Olimpíadas de Inverno na cidade russa de Sochi em 2014, especificou a nota.

Horas antes, durante sua entrevista coletiva diária, o porta-voz da Casa Branca, Jay Carney, acusou as autoridades russas de facilitarem uma “plataforma de propaganda” para Snowden, responsável por revelar dois programas de vigilância secretos da Agência de Segurança Nacional dos EUA.

“Fornecer uma plataforma de propaganda ao senhor Snowden contradiz declarações anteriores do governo russo sobre a neutralidade da Rússia e sobre o fato de não ter controle de sua presença no aeroporto (de Moscou)”, comentou Carney.

Dar-lhe essa plataforma “também é incompatível com as garantias russas que não querem que o senhor Snowden prejudique ainda mais os interesses americanos”, acrescentou o porta-voz de Obama.

Carney se referiu assim à reunião que Snowden teve hoje no aeroporto de Sheremétievo com representantes de organizações de direitos humanos internacionais e na qual anunciou que pedirá asilo político à Rússia.