Obama desafia Senado e nomeia Garland para Suprema Corte

Garland é considerado moderado, com histórico de apoio a democratas e republicanos

Washington – O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, nomeou nesta quarta-feira Merrick Garland, considerado moderado com histórico de apoio a democratas e republicanos, à Suprema Corte dos EUA, desafiando ameaçadas do Senado, liderado pelos republicanos, de bloqueio a qualquer escolhido pela Presidência.

Obama escolheu Garland, de 63 anos, para ocupar a vaga deixada em 13 de fevereiro com a morte de Antonin Scalia, que durante três décadas se tornou a voz conservadora mais influente da Corte.

A nomeação necessita da confirmação do Senado.