Obama condena “agressão” russa em encontro com Poroshenko

Obama também felicitou Poroshenko por sua "difícil" decisão de conceder mais autonomia a uma região do leste separatista do país como parte do plano de paz

Washington – O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, condenou nesta quinta-feira a “agressão” da Rússia à Ucrânia ao receber o líder ucraniano Petro Poroshenko na Casa Branca.

Obama também felicitou Poroshenko por sua “difícil” decisão de conceder mais autonomia a uma região do leste separatista do país como parte do plano de paz estabelecido com a Rússia.