O que já sabemos sobre o acidente com o Airbus A320

As causas do acidente e a quantidade de mortos ainda não foram divulgados. Confira aqui o que já se sabe sobre a tragédia com o Airbus A320 da Germanwings

São Paulo – Um avião Airbus A320 da companhia aérea Germanwings caiu nesta terça de manhã nos Alpes Franceses. De acordo com a Lufthansa, empresa alemã que controla a Germanwings, as causas do acidente e a quantidade de mortos ainda não foram descobertas.

Veja abaixo o que já se sabe sobre o episódio:

– Barcelona-Düsseldorf

O voo 4U 9525 decolou de Barcelona, na Espanha, e seguia para Düsseldorf, Alemanha, quando caiu na região dos Alpes Franceses.

– A aeronave contava com 150 pessoas a bordo

Do total de pessoas a bordo, divulgou a Lufthansa, 144 eram passageiros e 6 eram tripulantes.

– 45 pessoas tinham sobrenomes espanhóis

De acordo com uma autoridade espanhola, do total de 150 pessoas a bordo da aeronave, 45 devem ser cidadãos do país.

– Não há expectativas de sobreviventes

Segundo o presidente francês François Hollande, as condições do acidente ainda não estão claras, mas não há qualquer expectativa de que sobreviventes serão encontrados.

– Chamado de emergência

Controladores no espaço aéreo francês emitiram um chamado de emergência depois de perder o contato com a aeronave. Ao que tudo indica, o piloto do Airbus da Germanwings não chegou a informar torres sobre problemas no avião.

– O avião desceu 14 mil pés rapidamente

Um serviço online que registra informações sobre aeronaves que foi consultado pela rede de notícias CNN revelou que o Airbus da Germanwings estava numa altitude de 38 mil pés e, em apenas seis minutos, desceu para 25 mil pés. Para um especialista ouvido pela publicação, isso mostra que o piloto poderia estar tentando realizar um pouso de emergência.

– Destroços localizados

O secretário de transportes da França informou a imprensa que os destroços do Airbus A320 e alguns corpos já foram encontrados.


– Maioria das vítimas eram alemãs

Segundo informações do CEO da Germanwings, a maioria das pessoas a bordo, aproximadamente 100, eram da Alemanha.

*Matéria em atualização