Como Fukushima foi do inferno ao limbo num pesadelo sem fim

Vazamento de água radioativa reacende temor público sobre futuro da usina, em mais um capítulo de uma crise nuclear cujas feridas insistem em não cicatrizar