Número de mortes por terremoto no Paquistão já chega a 32

Outras 150 pessoas ficaram feridas no Paquistão após várias construções desabarem no sudoeste do país

Islamabad – Pelo menos 32 pessoas morreram nesta terça-feira e 150 ficaram feridas no Paquistão após várias construções desabarem no sudoeste do país devido ao terremoto registrado na fronteira com o Irã, informaram fontes oficiais à Agência Efe.

As mortes aconteceram na província do Baluchistão, na área de Washuk, a cerca de 200 quilômetros da fronteira, disse à Efe Faisal-ur-Rehmán, da Autoridade Nacional de Gestão de Desastres (NDMA).

Um forte terremoto de 7,8 graus de magnitude na escala Richter sacudiu nesta terça o sudeste do Irã, perto da fronteira com o Paquistão.