Número de mortes causadas por Sandy chega a 34 em Nova York

"Nós temos algumas mortes a mais" e o registro é de "pelo menos 37" mortos, declarou Bloomberg durante uma entrevista coletiva à imprensa

Nova York – O registro de mortos em Nova York após a passagem da supertempestade Sandy aumentou para “pelo menos 37”, anunciou nesta quinta-feira o prefeito da cidade, Michael Bloomberg.

“Nós temos algumas mortes a mais” e o registro é de “pelo menos 37” mortos, declarou Bloomberg durante uma entrevista coletiva à imprensa.

O registro pode aumentar ainda mais, já que a polícia e os serviços de emergência continuam fazendo buscas em casas que foram alagadas durante a passagem do fenômeno climático.

Deste modo, sobe para 85 o número de mortos nos 15 estados da União afetados pela supertempestade, de acordo com uma contagem ainda não oficial.

Se forem somadas as 67 vítimas fatais de Sandy no Caribe e os dois mortos no Canadá, o saldo chega a 154 mortos.

A maioria das mortes em Nova York foram causadas por queda de árvores ou eletrocução pelos cabos de energia elétrica derrubados, assim como pelas inundações súbitas causadas pelas fortes chuvas.