Novos casos de ebola têm leve alta, diz OMS

Foram 124 casos confirmados na semana passada, contra 99 na semana anterior

Londres – O número de casos de ebola no oeste da África subiu pela primeira vez no ano, de acordo com estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Foram 124 casos confirmados na semana passada, contra 99 na semana anterior.

Segundo a OMS, o combate à doença ainda sofre com as mesmas dificuldades.

Somente 21% dos novos casos de Serra Leoa têm origem conhecida, o que significa que a grande maioria foi contaminada de formas que a organização ainda não conseguiu controlar.

Em Guiné, cerca de metade dos novos infectados pegaram a doença de antigos pacientes, e dez das 34 regiões do país relataram problemas de segurança ou recusa de cooperação com os agentes de saúde.

O ebola continua a se espalhar por Guiné, próximo à fronteira com o Mali.

“Uma alta da incidência mostra que o combate ainda enfrenta desafios significativos”, disse a OMS, acrescentando que a estação chuvosa deixará a campanha mais difícil em áreas remotas.

Uma ma reunião na semana passada, a diretora da entidade, Margaret Chan, afirmou que eles conseguiram “fazer a curva da epidemia descer e evitar o pior cenário”.

Ela também disse que a OMS quer chegar a zero casos, mas que “situações de alto risco ainda estão acontecendo.”

Fonte: Associated Press.