Novo presidente do Peru nomeará opositor como primeiro-ministro

Segundo fontes, ação tem como objetivo construir uma ponte sobre profundas divisões políticas e garantir que governo possa atuar com o Congresso

Lima – O novo presidente do Peru, Martín Vizcarra, irá nomear um parlamentar da oposição como seu primeiro-ministro na próxima semana, conforme busca construir uma ponte sobre profundas divisões políticas e garantir que seu governo possa atuar com o Congresso, controlado pela oposição, disseram duas fontes nesta quarta-feira.

O parlamentar centrista, Cesar Villanueva, ex-governador duas vezes eleito por uma região amazônica, trabalhou de perto com partidos da esquerda e da direita enquanto liderava esforços no Congresso pelo impeachment do ex-presidente Pedro Pablo Kuczynski.

Kuczynski renunciou em meio às crescentes acusações de corrupção, e Vizcarra, seu vice-presidente, assumiu na sexta-feira com promessas de formar um gabinete completamente novo e de lutar contra a corrupção.

Villanueva aceitou a função e está trabalhando com Vizcarra para escolher os 18 ministros de gabinete, disseram uma fonte próxima a Vizcarra e uma segunda fonte no palácio presidencial.

As duas fontes falaram em condição de anonimato antes de um anúncio oficial. Vizcarra disse que irá empossar seu novo gabinete na segunda-feira.