Governo de coalizão de Papademos presta juramento

O governo de unidade nacional tem ministros de ultradireita pela primeira vez desde o retorno da democracia em 1974

Atenas- O governo de coalizão grego de Lucas Papademos prestou juramento na tarde desta sexta-feira na presidência, segundo imagens exibidas ao vivo pelo canal público de televisão NET.

O governo de unidade nacional, anunciado na quinta-feira, tem ministros de ultradireita pela primeira vez desde o retorno da democracia após a ditadura militar, em 1974.

Papademos, 64 anos, foi vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE) entre 2002 e 2010.

O socialista Evangelos Venizelos seguirá à frente do ministério das Finanças, enquanto o ex-comissário europeu Stavros Dimas, um liberal, será o chanceler do novo governo de unidade nacional.

Venizelos, 54 anos, teve um papel chave nos últimos meses em pleno agravamento da crise da dívida grega. Dimas, 70, é vice-presidente do Nova Democracia, partido que aceitou participar em um gabinete de coalizão para salvar a Grécia, à beira da falência.

Makis Voridis foi nomeado ministro dos Transportes e Adonis Georgiadis secretário de Estado de Desenvolvimento e da Marinha Mercante. Ambos pertencem ao partido de ultradireita LAOS, que integra o governo de unidade nacional ao lado de socialistas e liberais.