Nove pessoas assassinadas em ataque a clínicas na Nigéria

Nas duas clínicas se vacinava contra a poliomielite

Kano – Nove pessoas morreram num ataque a duas clínicas onde se vacinava contra a poliomielite, em Kano, no norte da Nigéria, informou a polícia.

O ataque foi realizado por homens armados contra duas clínicas onde o pessoal encarregado da vacinação contra a poliomielite se preparava para sair e dar início a uma campanha de vacinação, segundo contou um porta-voz policial, Magaji Majia.

Logo depois, os autores do ataque fugiram de moto.

Um dirigente religioso local denunciou nesta semana as campanhas de vacinação e vários programas de rádio locais repercutiram a teoria de que essas vacinações são um complô do Ocidente para prejudicar os muçulmanos.

Desde 2003, a cidade de Kano se vê atingida pelo vírus da poliomielite devido, principalmente, à suspensão do programa de vacinação.

Estas campanhas foram suspensas depois que os religiosos muçulmanos afirmaram que a vacina torna estéreis as meninas como parte de um plano americano para despovoar a África.