Nova York e Nova Jersey preparam-se para nova tempestade

A tempestade poderá causar uma inundação de até 1,2 metro de altura em Nova York e a acumulação de neve na região da Nova Inglaterra poderá atingir de 9 cm a 18 cm

Nova York – As regiões de Nova York, Nova Jersey e Nova Inglaterra, na Costa Leste dos Estados Unidos, preparava-se hoje para a chegada de uma nova tempestade, pouco mais de uma semana depois de o furacão Sandy ter matado 103 pessoas e deixado milhões sem energia elétrica e sem combustível. Segundo o Serviço Nacional de Meteorologia (NWS), um sistema de baixa pressão no meio do Atlântico continuaria a ganhar força ao longo desta quarta-feira ao mover-se para o norte, com ventos de até 75 km/h.

A tempestade poderá causar uma inundação de até 1,2 metro de altura em Nova York e a acumulação de neve na região da Nova Inglaterra poderá atingir de 9 cm a 18 cm. Moradores das áreas litorâneas foram orientados a deixar suas casas e buscar abrigo.

De acordo com o Departamento de Energia, havia nesta quarta-feira 650.416 domicílios sem energia elétrica em Nova York, Nova Jersey e outros estados, ainda por causa do furacão Sandy. As empresas distribuidoras de energia disseram que a nova tempestade poderá causar mais demoras nos reparos das linhas de transmissão. “O trabalho provavelmente será prejudicado conforme os ventos fiquem mais fortes”, disse Alfonso Quiroz, porta-voz da Consolidated Edison, que fornece energia para a cidade de Nova York.

A operadora do oleoduto Colonial, que traz petróleo da região do Golfo do México para o Nordeste dos EUA, disse que movimentou equipamento para locais seguros e orientou seus funcionários sobre segurança. Mas a empresa não espera que a nova tempestade interrompa o fornecimento de petróleo. “Achamos que poderemos continuar operando durante a tempestade. Não pensamos que ela será tão forte quanto Sandy”, disse o porta-voz Steve Baker. As informações são da Dow Jones.