Nova vala comum é descoberta em zona tomada do EI no Iraque

Segundo alguns habitantes da zona, pode haver cerca de 40 pessoas sepultadas nessa área, usada pelo EI para suas execuções,

As forças iraquianas descobriram uma novafossa comum em um setor recuperado das mãos do Estado Islâmico (EI) perto de Mossul.

Reconquistado pelas forças de elite do Ministério do Interior, o local fica nos arredores do povoado de Tall Adh-Dhabab, cerca de 10 km ao sul de Mossul, reduto do EI no Iraque.

Podia-se ver um fragmento de osso e um pedaço de roupa na vala comum de onde emanava um odor sufocante.

Segundo alguns habitantes da zona, pode haver cerca de 40 pessoas sepultadas nessa área, usada pelo EI para suas execuções, relatou uma fonte do Ministério do Interior.

“A maioria dessas pessoas pertencia às forças de segurança, do Exército e da Polícia”, disse à AFP o tenente Yahya Juma, que foi ao local.

Não é a primeira vez que as forças iraquianas descobrem fossas comuns nas zonas tomadas dos extremistas.

Na semana passada, encontraram outra vala de restos humanos na localidade de Hamam al-Alil (ao sudoeste de Tall Adh-Dhabab), que pode conter centenas de corpos, segundo os moradores ouvidos pela ONG Human Rights Watch.

Em 17 de outubro, as forças iraquianas lançaram uma ofensiva para retomar Mossul do EI, com a ajuda da coalizão internacional dirigida pelos Estados Unidos.