Nora de Trump vai para hospital após abrir carta com pó suspeito

A carta, dirigida a Donald Trump Jr. foi aberta pela sua mulher, Vanessa, e continha um pó branco sem identificação

Nova York – A esposa de um dos filhos do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi levada nesta segunda-feira a um hospital de Nova York para ser avaliada por um médico após abrir uma carta suspeita que tinha sido enviada para sua casa, informaram veículos de imprensa locais.

A carta, dirigida a Donald Trump Jr., foi aberta pela sua mulher, Vanessa, e continha um pó branco sem identificação, segundo o canal “ABC”.

Tanto ela como outras duas pessoas foram descontaminadas pelos bombeiros no local e levadas a um hospital próximo por precaução.

Segundo este e outros veículos de imprensa locais, aparentemente todos passam bem.

Por enquanto, não há mais detalhes da situação, mas segundo a imprensa não há nenhuma indicação de que o envelope contivesse uma substância perigosa ou um agente biológico. EFE