No Twitter, Trump reage a novas acusações de abuso sexual

Trump afirmou que a história das duas mulheres, que alegaram que o republicano as assediou anos atrás, é "mentirosa" e uma "fabricação total"

Washington – O candidato à presidência dos Estados Unidos pelo Partido Republicano, Donald Trump, publicou, em seu perfil no Twitter, sua defesa para as novas acusações de abuso sexual a mulheres, publicadas pelo jornal norte-americano The New York Times.

Trump afirmou que a história das duas mulheres, que alegaram que o republicano as assediou anos atrás, é “mentirosa” e uma “fabricação total”.

O republicano também reagiu às afirmações da escritora Natasha Stoynoff, da revista People, que disse que Trump a prensou contra uma parede e a beijou contra o seu consentimento em 2005, quando a escritora entrevistou o bilionário e sua esposa, Melania Trump, para uma reportagem sobre o aniversário de casamento do casal.

Em resposta, o candidato do Partido Republicano escreveu: “Por que a escritora não mencionou o ‘incidente’ na revista People em sua reportagem doze anos atrás? Porque isso não aconteceu!”.

De acordo com Stoynoff, sua escolha por não divulgar a história na época foi devido à vergonha, ao medo das repercussões e à culpa que a escritora sentiu pelo que aconteceu.

Fonte: Associated Press.