Nível da água chega até a 1,25 metro, recorde no Texas

Especialistas alertaram novamente sobre as "chuvas torrenciais" que continuam caindo sobre o sudeste do Texas e o sudoeste de Luisiana

Miami – O nível de água acumulada em áreas do sudeste de Houston (Texas) pelas intensas chuvas provocadas pela tempestade tropical Harvey chegou a 1,25 metro, um recorde no estado, informou nesta terça-feira o Centro Nacional de Furacões (NHC) dos Estados Unidos.

Em seu último boletim, o NHC destacou que os pluviômetros indicam que “foi batido o recorde de chuva acumulada por um ciclone tropical no Texas”, ao alcançar 1,25 metro em Mary’s Creek, ao sudeste de Houston.

Trata-se de uma quantidade superior ao 1,21 metro medido na localidade texana de Medina durante a passagem da tempestade tropical Amelia em 1978.

Os especialistas do NHC alertaram novamente sobre as “chuvas torrenciais” que continuam caindo sobre o sudeste do Texas e o sudoeste de Luisiana, e alertou novamente a população para que “não tente viajar às áreas afetadas, permaneça em local seguro e evite dirigir por estradas inundadas”.

Houston é a cidade mais atingida pelas catastróficas inundações na passagem de Harvey, que já deixou dez mortos e milhares de deslocados no sudeste do Texas.

A tempestade tropical, cujo olho se encontra frente à costa central do Texas, continua provocando fortes chuvas e espera-se que as inundações “piorem” no sudeste do estado e no sudoeste de Luisiana até que seu centro toque a terra de novo nesta quarta-feira.

Harvey, o furacão mais forte a atingir os EUA desde 2005 e o Texas desde 1961, apresenta ventos de até 75 km/h e está localizado 185 quilômetros ao sudoeste de Cameron (Luisiana) e a cerca de170 quilômetros de Port Arthur, no Texas.

A tempestade se desloca lentamente em direção ao noroeste com uma velocidade de translação de 7 km/h e, segundo um provável padrão de trajetória, o olho se manterá nesta noite fora da costa central e superior do Texas, para depois “se mover na madrugada de quarta-feira terra adentro pelo noroeste da costa do Golfo”.

Até a próxima quinta-feira, Harvey deve provocar novas chuvas de entre 25 e 50 centímetros no sudoeste de Luisiana e no norte do Texas.

O outro grande perigo é o aumento do nível do mar nas zonas costeiras e as altas ondas provocadas pelos fortes ventos.