New York Times pode fechar o Boston Globe

Empresa pressiona sindicatos a aceitar redução de despesas de 20 milhões de dólares

O jornal americano de maior circulação em Boston, controlado pelo New York Times, corre o risco de fechar em 30 dias, a não ser que a empresa chegue a um acordo com sindicalistas para reduzir as despesas em 20 milhões de dólares.

Segundo uma reportagem oficial do Boston Globe, as concessões implicariam em cortes salariais, fim de contribuições como planos de pensão e garantias de emprego no longo prazo.

A diretoria do New York Times acredita que medidas como essas devem garantir capital para pagar os vencimentos da dívida, uma vez que as verbas com publicidade estão em acentuado declínio.

A crise global contribuiu ainda mais para o declínio nas vendas de jornais, fenômeno que já vem acontecendo ao longo dos últimos anos

O New York Times reforçou seu caixa nos últimos meses com empréstimos do mexicano bilionário Carlos Slim e com a hipoteca de sua sede em Nova York, além de ter efetuado cortes de funcionários e reduções salariais para tentar amenizar a crise financeira.

De acordo com o próprio Globe, seu prejuízo chegou a 50 milhões de dólares no ano passado e pode alcançar 85 milhões de dólares neste ano. O jornal foi comprado em 1993 pelo New York Times por 1 bilhão de dólares.