Netanyahu diz que continuará a agir contra presença do Irã na Síria

Em conversa com o presidente russo, o primeiro-ministro israelense afirmou que Israel está determinado a parar o enraizamento do exército iraniano na Síria

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, prometeu nesta terça-feira (18) que seu país continuará a agir contra a presença iraniana na Síria.

Em uma conversa por telefone com o presidente russo Vladimir Putin, Netanyahu garantiu que Israel está “determinado a parar o enraizamento do exército iraniano na Síria, bem como as tentativas do Irã (…) de transferir armas ao (movimento libanês) Hezbollah (…) destinadas a ser usadas contra Israel”.

Na segunda-feira à noite, um avião russo foi acidentalmente abatido pelo regime sírio durante um ataque aéreo israelense.

O Irã, o Hezbollah e a Rússia são aliados do regime sírio.