Neonazistas são impedidos de entrar armados em Parlamento

As armas foram localizadas após disparo do alarme do detector de metais

Atenas – Dois deputados do partido neonazista Amanhecer Dourado tentaram entrar no Parlamento grego nesta quarta-feira armados com pistolas, informou a imprensa local.

As armas foram localizadas após disparo do alarme do detector de metais. Os guardas do Parlamento obrigaram os dois deputados a entregar as armas aos responsáveis de segurança do prédio.

Há duas semanas, havia sido publicada na internet uma gravação do deputado Ilias Kasidiaris, feita para explicar aos militantes do partido como poderia aproveitar dos direitos concedidos aos parlamentares. “Agora podemos levar pistolas legalmente e não seremos detidos no local. Isso permite nos sentirmos mais tranquilos a respeito de nossas ações”.

No fim de semana, durante uma manifestação de grupo antifascista em resposta a convocação de um ato do Amanhecer Dourado, na Ilha de Creta, o próprio Kasidiaris repreendeu a polícia por não atuar e ameaçou atacar os rivais. “Creiam, haverá mortes nesta noite”, disse o parlamentar, naquele momento.

No fim de outubro, foi votado entre seus pares, o fim da imunidade parlamentar de Kasidiaris, para que o deputado pudesse ser investigado por um delito de roubo com arma, em 2007. Além dele, dois outros deputados neonazistas passaram pelo mesmo processo, devido a envolvimento a ataques contra imigrantes.