Negociações para formar governo na Alemanha fracassam

Chanceler Angela Merkel "lamentou" o fracasso das negociações após a retirada do partido liberal FDP

As negociações empreendidas por Angela Merkel para formar um novo governo na Alemanha após as eleições legislativas fracassaram neste domingo, depois da retirada do partido liberal FDP.

“É preferível não governar do que governar mal”, declarou à imprensa o presidente dos liberais do FDP, Christian Lindner, que reconheceu que os partidos implicados -os conservadores de Merkel, os Verdes e eles- não conseguiram encontrar uma “base comum” para um acordo.

A chanceler Angela Merkel “lamentou” o fracasso das negociações e prometeu que fará “tudo o que foi possível” para que a Alemanha “esteja bem dirigida durante as difíceis próximas semanas”.

A questão da imigração foi um dos principais entraves nas negociações após a generosa política de acolhida de refugiados lançada por Merkel em 2015 e 2016.

Os partidos não conseguiram chegar a um acordo sobre se todos ou somente uma parte dos refugiados devem ter direito ao reagrupamento familiar na Alemanha.

O fracasso das negociações pode obrigar a convocação de novas eleições no início de 2018.