Nazaré cancela festas de Natal por decisão de Trump

Uma das cidades mais importantes para o cristianismo, onde Jesus teria nascido, ficará esse sem uma grande festividade natalina

Jerusalém – A Câmara Municipal de Nazaré, cidade no norte de Israel, suspendeu as celebrações oficiais da festa de Natal em protesto pelo reconhecimento de Jerusalém como capital do país feito pelo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

“Nossa identidade e fé não estão em debate (…). A decisão (de Trump) tem levado a alegria das festividades e, por isso, cancelamos as celebrações”, informou o prefeito de Nazaré, Ali Salam, à edição digital do jornal “Times of Israel”.

Dessa forma, uma das cidades mais importantes para o cristianismo, onde Jesus teria nascido, ficará esse sem uma grande festividade natalina e outras atividades relacionadas à data.

O porta-voz do Comitê de Igrejas Católicas na Terra Santa, Wadie Abunaser, afirmou que os eventos religiosos continuam como o previsto. A Árvore de Natal será iluminada no próximo domingo e ainda haverá duas procissões: uma no dia 23 e outra no dia 24.

A decisão de Trump sobre Jerusalém, cidade considerada como santa pelas três grandes religiões monoteístas – cristianismo, islamismo e judaísmo -, gerou uma onda de protestos e condenações da comunidade internacional.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Primeiro: Jesus nasceu em Belém. Não pesquisou direito no google.
    Segundo: quem cancelou a festa foi o prefeito ISLÂMICO de Nazaré.
    Que vergonha esta matéria , estes estagiários sociopatas são uma vergonha