Naufrágio de bote com refugiados mata 9 na Grécia

Segundo a guarda costeira da Grécia, um navio da Frontex avistou durante a madrugada uma embarcação que tinha virado

Atenas – Pelo menos nove pessoas morreram e quatro continuam desaparecidas no naufrágio ocorrido na madrugada desta terça-feira de um bote em que viajavam cerca de 20 refugiados, perto da ilha de Kos, na Grécia, próximo do litoral da Turquia.

Segundo a guarda costeira da Grécia, um navio da Frontex avistou durante a madrugada uma embarcação que tinha virado e várias pessoas no mar pedindo ajuda.

Em seguida, o navio da Frontex fez um alerta e duas lanchas da guarda costeira e um helicóptero iniciaram uma operação de resgate.

Foram identificados entre os mortos um homem, quatro mulheres e quatro crianças; três deles foram encontrados no interior da barca.

Até agora sete pessoas foram resgatadas, e a operação de salvamento continua.

Trata-se do primeiro naufrágio depois de mais de uma semana sem mortes no mar Egeu.

Ao longo da manhã de hoje, é esperada a chegada ao porto de Pireo, em Atenas, de três embarcações com um total de 4 mil refugiados procedentes de várias ilhas do mar Egeu.

Neste ano, mais de 525 mil migrantes e refugiados entraram pelas ilhas gregas na União Europeia, segundo dados da polícia grega.