Nasce “Gert”, a 7ª tempestade tropical da temporada no Atlântico

Na atual temporada de furacões o NHC registrou sete tempestades tropicais

Miami – O Centro Nacional de Furacões (NHC, por sua sigla em inglês) dos Estados Unidos anunciou neste domingo a formação de “Gert”, o sétimo sistema de baixa pressão que alcança a categoria de tempestade tropical durante esta temporada de furacões no Atlântico.

“Gert” se encontrava às 15h (de Brasília) a 440 quilômetros ao sul-sudeste das ilhas Bermudas (latitude de 28,6 graus norte e longitude de 63,1 graus oeste) e avançava a cerca de 11 km/h na direção norte-noroeste (335 graus).

Por isso, o NHC emitiu um aviso de tempestade tropical para as Bermudas, o que quer dizer que antes das próximas 36 horas as costas da ilha podem ser afetadas por este sistema meteorológico, cujos ventos máximos sustentados chegam a 65 km/h, com sequências mais fortes.

Calcula-se que na noite de domingo para segunda-feira gire rumo ao norte e que nas próximas 48 horas se fortaleça. Seus efeitos poderiam começar a ser sentidos nas Bermudas antes da manhã de segunda-feira.

Na atual temporada de furacões, que na segunda-feira inicia formalmente seu período de máxima atividade (de 15 de agosto a 15 de outubro), o NHC registrou sete tempestades tropicais: “Arlene”, “Bret”, “Cindy”, “Don”, “Emily”, “Franklin” e “Gert”.

Uma depressão tropical passa a ser tempestade tropical quando, entre outros fatores, seus ventos alcançam uma velocidade de cerca de 65 km/h e esta se transforma em furacão quando os ventos sopram a uma velocidade de cerca de 120 km/h.