Não há crime que tire alguém do coração de Deus, diz papa

Segundo Francisco, Deus não esquece nenhum dos seres que criou

Cidade do Vaticano – O papa Francisco afirmou neste domingo que não existe uma profissão, uma condição social, um pecado ou crime que possa tirar alguém do coração de Deus, porque Ele não esquece nenhum dos seres que criou.

Durante a oração dominical do Ângelus na praça de São Pedro do Vaticano, o pontífice lançou uma mensagem direta a seus fiéis, pedindo que, embora tenham “um peso” sobre sua consciência e “vergonha de muitas coisas”, se aproximem de Jesus Cristo, porque ele nunca se cansa de perdoar.

“Não há profissão ou condição social, não há pecado ou crime de nenhum tipo, que possa apagar da memória ou do coração de Deus um de seus filhos. Deus lembra sempre, não esquece nenhum dos que criou”, afirmou o papa.

“Se tem um peso sobre sua consciência, se tem vergonha de muitas coisas que fez, controle-se, não se assuste, lembre que alguém lhe espera, porque nunca deixou de pensar em você. É seu pai, é Deus, é Jesus. Jesus é misericordioso e nunca se cansa de perdoar”, acrescentou.