JP Morgan Chase vai contratar 4 500 na Índia

<I>Transferência de áreas é a maior iniciativa de um banco internacional de investimentos para aproveitar as vantagens dos baixos salários dos profissionais indianos de nível superior</I>

O banco americano de investimentos JPMorgan Chase vai contratar 4 500 profissionais na Índia nos próximos dois anos. O objetivo da instituição é transferir 30% das áreas de suporte e back office para o exterior até o final de 2007.

O plano, afirma o diário britânico Financial Times, é a mais ambiciosa iniciativa de um banco internacional de investimentos para aproveitar as vantagens do baixo custo da mão-de-obra indiana com alto nível educacional.

Segundo a reportagem, há também uma clara migração do offshoring de áreas tradicionais como suporte de tecnologia de informação (TI) e call centers para funções operacionais centrais e outras tarefas de alto valor agregado. A principal parte do processamento de operações de câmbio do JPMorgan será realizada nos centros de Mumbai e Bangalore.

Outros bancos de investimento, como o UBS, também preparam a mudança de áreas para a Índia. O UBS planeja abrir seu primeiro centro em Hyderabad no início do próximo ano, com 500 contratações.

Os salários na Índia são 70% a 80% mais baixos do que os americanos. Os custos totais são 40% menores.