Angela Merkel torna-se primeira-ministra da Alemanha com coalizão

Líder conservadora é a primeira mulher a assumir o cargo no governo alemão

A líder conservadora Angela Merkel é a nova primeira-ministra da Alemanha e a primeira mulher a assumir como chefe do governo alemão. A decisão foi resultado de um acordo histórico de coalizão entre o partido de Angela e os sociais-democratas, correligionários de Gerhard Schroeder, que ficou no poder por sete anos.

Pelo acordo, o partido de Schroeder ganha oito ministérios, enquanto o partido da nova primeira-ministra fica com seis. Entre os ministros que o partido Social-Democrata irá nomear estão os de Relações Exteriores, Finanças, Trabalho, Saúde, Justiça e Meio Ambiente.

Aprovada pelas lideranças dos partidos, a coalizão ainda precisa ser aprovada por conferências dos membros dos partidos e pelo parlamento.

O acordo encerra uma disputa de três semanas que começou quando os eleitores provocaram um empate entre Schroeder e Merkel, nas eleições de 18 de setembro.