Murdoch anuncia ajuda de US$ 1 milhão a vítimas de Sandy

O furacão, que atingiu na noite de segunda-feira a costa nordeste dos EUA como uma tempestade extratropical, provocou pelo menos 50 mortes

Nova York – O magnata das comunicações Rupert Murdoch anunciou nesta quarta-feira que doará um milhão de dólares às vítimas do furacão Sandy em Nova York e Nova Jersey.

“A News Corp. doará um milhão para apoiar as famílias dos estados de Nova York e Nova Jersey, fortemente afetados por Sandy. Esperamos que outras empresas façam o mesmo”, anunciou Murdoch no Twitter.

O furacão Sandy, que atingiu na noite de segunda-feira a costa nordeste dos Estados Unidos como uma tempestade extratropical, provocou pelo menos 50 mortes e deixou milhares de pessoas sem energia elétrica, assim como muitas áreas inundadas, principalmente em Nova York e Nova Jersey.

Sandy também deixou 67 mortos na passagem por Haiti, Cuba, República Dominicana, Jamaica e Bahamas.

Murdoch, 81 anos, está em uma posição delicada desde o escândalo das escutas ilegais que obrigou a News Corp. a fechar o popular tabloide britânico News of the World.